Tag Archives: destaque

Asturias 2014 | La Paz, o campismo onde se faz turismo

agora em La-Paz

Hoje deixámos Fuente Dé em direcção à praia.
Antes de abandonarmos os Picos parámos em Potes para comer outra dose
de morcela de Liebana que é servida quentinha depois de grelhada na
chapa. Maravilha!

Depois da montanha, a praia. Já é uma tradição. Já andámos várias
vezes pela costa norte de Espanha mas há sempre coisas novas a
descobrir numa costa tão recortada que acompanha-la toda e ver tudo
não é fácil. Por isso não ficámos espantados quando o Manuel Leiria
nos falou do campismo La Paz de que ele tinha ouvido falar maravilhas.
Ora se assim falam dele, o melhor é ir ver o que e passa.

E o veredicto é: fora de série!
Que me lembre é a primeira vez que faço turismo dentro de um parque de
campismo. La Paz, fica mesmo em cima do mar  empoleirado num pequeno
conjunto de morros ligados por uma rede de carreiros de onde se tem
espectaculares vistas para a costa. Os locais de acampamento estão um
pouco espalhados por todo o lado. Mas melhor que palavras as fotos
mostram bem do que falo. Ora espreitem…

Pirineus 2013: dia 15

Hoje foi daqueles dias em que passamos por tanto lado que quando o dia acaba temos dificuldade em acreditar como começou:

– Alvorada em Gourette no meio dos pirineus em casa do Vincent. Adeus Vincent até um dia destes…
– Passar por Laruns, terrinha simpática no sopé dos Pirineus,para beber um café
– Atravessar os Pirineus para Espanha e cumprimentar centenas de ovelhas latxas
– Almoçar no Venta de Juan Pito (nas fotos), que o ano passado estava cheio. Este ano chegámos mais cedo 😉
– Começar a noite em Bilbao, nas festas lá do Burgo
– Acabar a noite (e nós acabámos por arrasto) em Burgos com o Ruben e amigos na festa de aniversário de um amigo dele (e nosso, claro)
– E o dia acaba tardetarde connosco a expulsar o Ruben de casa dele e a dormirmos na cama dele 😛
  

Pirineus 2013: dia 13

Gaverni, 21h, chove e troveja. Mas veio em boa altura, já caminhámos, já descansámos com os pés no rio (em intervalos curtos que a água está um gelo).
Esteve um belo dia de verão e desde as 10h até às 17h foi sempre a andar.
O circo de  gavarni é uma formação rochosa em forma de anfiteatro de um tamanho descomunal com várias quedas de águas a alimentar o rio que de lá sai. O acesso faz-se por uma estrada larga que é percorrida por um milhão de pessoas todos os anos. O percurso é tão acessivel que é normal ver pessoas com dificuldade de locomoção a percorre-lo.

Do fundo do circo sai um magnifico “caminho” até ao “refuge de la breche de roland” que segui durante cerca de uma hora antes de decidir voltar e tendo ficado, julgo, a uma hora do refugio.
O “caminho” é simplesmente fabuloso parecendo mais uma parede de escalada que um caminho. Definitivamente um dos momentos altos destas férias.

    

Pirineus 2013: dia 11

Hoje foi dia de canyoning! Após uma caminhada a pique de meia hora chegámos ao almejado canyon. Foi uma excelente descida com um guia bem disposto e sem preças e na companhia de 3 ‘piquenas’ espanholas. Se alguma vez vierem para estas bandas fazer canyoning aconselho esta empresa (deve ter um nome!).
A descida é bonita, o canyon é bonito e tem um fabuloso rappel de alguns 20 metros suspenso, dentro de uma caverna e a levar com água em cima. Só é pena ter poucos saltos e ainda menos tobogãs. Para compensar, depois de acabar o canyon pode-se fazer um belo salto para o rio de 7 metros, mais coisa menos coisa,

Fim de canyonig, segue viagem. Andorra fica para outro ano que já está na altura de começar a regressar. Rumo a  Oeste e de volta à França que ainda nos falta Gavarni.
No regresso ainda passsámos pelo lado Oeste do parque de aiguestortes que também tem belas vistas e água com fartura, mas tem de ficar para a próxima …

Fronteira passada e toca a domir no primeiro parque de campismo que nos atende e que, neste caso, foi numa terriola sem jeito nenhum algures sabe-se lá onde….