Tag Archives: actividadekayak

Agosto 2016, dia 13: as calanques a partir do mar

A única maneira de ver bem as calanques é a partir do mar, por isso hoje, eu e a João colocámos o kayak ao mar para as percorrer.

Fizemos desde a calangue de portmiou até à calanque de morgiou e volta, num total de mais de 15 quilómetros e cerca de seis horas de pagaiada. Pelo caminho parámos no paraíso, também conhecido como Calanque d’en Vau onde almoçámos o nosso farnel e mandámos uns valentes mergulhos. Fomos ainda à gruta azul, uma gruta aquática. grande mas com uma entrada que só dá para entrar a nadar e onde o mar tem uma cor de um azul impressionante.

(gps só de ida que foi até onde a bateria aguentou)

Total distance: 7934 m
Max elevation: 61 m
Min elevation: 1 m
Total climbing: 176 m
Total descent: -179 m
Average speed: 14.33 min/km
Total Time: 02:04:45
Download

TODAS AS FOTO AQUI

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 5.0/5 (1 vote cast)

Agosto 2016: dia 7, gorges du verdon II

Hoje voltámos a navegar no verdon. Desta vez fizemos o prato principal, o troço que fica abaixo da central eléctrica do crux_du_verdon .

Total distance: 6295 m
Max elevation: 472 m
Min elevation: 399 m
Total climbing: 204 m
Total descent: -207 m
Average speed: 14.01 min/km
Total Time: 01:37:50
Download

Inicialmente não parece nada de extraordinário apesar de ser menos largo que o troço que fizemos ontem, o que lhe dá um ar especial. Mas à medida que vamos avançado, vai ficando cada vez mais húmido e com mais vegetação até que chega ao ponto em que as paredes de rocha estão completamente cobertas com vegetação e a água escorre abundantemente chegando a formar pequenas quedas de água sob as quais se pode passar com o kayak. Se não soubesse diria que era algures numa selva sul americana.

Mas se este foi o momento alto do dia, não foi o único. Antes, e para descansar das pagaiadas do dia anterior fizemos um tour de carro pela região. Não só para ver as vistas, mas também para preparar as actividades para os próximos dois dias. Verdade, a diversão exige algum trabalho. É preciso conhecer a região e o que vamos fazer, onde, como e com quem.
Enfim, uma trabalheira :p, amanhã e depois vão ver do que falo.

No meio disto tudo ficou para ver mais tarde uma pequena vila enfiada numa montanha que à hora que lá passámos tinha demasiados turistas e os vários parques estavam, ou cheios ou desmaiado longe para nós apetecer lá estacionar.

Além disso, descobrimos que o fillet mignon fumado que vai muito bem com a bela baguete.

 

 

 

 

 

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)

Agosto 2016: dia 6, gorges du verdon

Hoje chegámos finalmente a um dos objectivos da viagem, as gorges du verdon.

A primeira paragem foi em esparron-du-verdon , uma bela vila na encosta que cai directamente nas transparentes águas do verdon onde tomámos um belo banho.

Depois seguimos para quinson  onde o belo canyon que se abria à nossa frente não nos deixou alternativa é sacámos do kayak para dar uma volta. Foram oito quilómetros (algumas milhas náuticas) sempre num rio com poucas dezenas de meios de largura, paredes de rochas de ambos os lados e água de uma transparência impressionante.

Total distance: 8176 m
Max elevation: 455 m
Min elevation: 354 m
Total climbing: 296 m
Total descent: -296 m
Average speed: 15.15 min/km
Total Time: 02:18:40
Download

Apesar das largas dezenas de outros kayaks e embarcações eléctricas, não houve acidentes.

E ao que consta esta não é a melhor zona do rio para andar de kayak. Melhor não parece possível, mas cá estamos para verificar.

Depois ainda houve tempo para uma caminhada ao longo do rio que culminou em mergulhos e saltos para a água.

No fim do dia rumámos a saint-creux-du-verdon onde passámos a noite.

 

 

 

 

 

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)

Teste de Kayak Insuflável Itiwit 2 da Tribord

Sexta-feira rumámos à Decathlon para usufruir da hipótese que eles dão de testar, gratuitamente e por 48 horas, um kayak.

Saímos de lá com kayak, coletes, pagaias e bomba para encher sem pagar um tostão 🙂

Sábado, fomos direitos ao baleal onde testámos o bicho o resultado foi bastante positivo:

Relativamente prático de transportar na mochila que fornecem, fácil e rápido de encher e curiosamente fácil de arrumar e voltar a colocar na mochila.

Na água, porta-se bem. Graças às 3 “barbatanas” que tem, mantém facilmente o rumo. Eu sei que é das barbatanas  porque experimentei sem elas e o barco parecia que estava possuído pelo demónio sempre aos Ss.

No geral, comparando com kayaks rígidos,  tendo em consideração a facilidade de transporte no carro e o preço mais baixo , é uma boa opção, e, como estava previsto se o teste fosse positivo, ficámos com ele.

O resultado foi este:

Total distance: 3149 m
Max elevation: 0 m
Min elevation: 0 m
Total climbing: 0 m
Total descent: 0 m
Average speed: 17.47 min/km
Total Time: 01:00:05
Download
Total distance: 5256 m
Max elevation: 13 m
Min elevation: 1 m
Total climbing: 89 m
Total descent: -87 m
Average speed: 18.37 min/km
Total Time: 01:54:25
Download

 

TODAS AS FOTOS AQUI

Agora venham as férias para testarmos algures por Espanha e/ou França 🙂

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)

Tailândia: dias 5,6 e 7: Krabi – Ko Phi Phi – Krab

Assim que chegamos ao porto para embarcar ficamos com a sensação de estar no filme do DiCaprio. É só malta loira e nova de mochilas às costas em busca da melhora praias e melhores spots para mergulhar/snorkelar.

A chegada à ilha revela-nos um novo mundo de frenesim. Parece o movimento de Bangkok mas em versão boa. Restaurantes, oferta de passeios de barco (de todos os tamanhos), de mergulho, lojas de bugigangas, e muita gente. E tirando os chineses, anda tudo calmo e silencioso.

Não sei quem é que inventou o mar com cor de Berlenga e temperatura da minha banheira, mas teve uma boa idea. Apesar de não ser transparente em todo o lado, quando é transparente, é mesmo. Fizemos duas viagens de barco pelos arredores. Fomos ver a praia do DiCaprio, várias praias de macacos e alguns belos spots de enorme king.
Eu ainda fiz uma bela caminhada a atravessar a ilha e um fantástico passeio de kayak.

Total distance: 2883 m
Max elevation: 30 m
Min elevation: 1 m
Total climbing: 49 m
Total descent: -47 m
Average speed: 14.06 min/km
Total Time: 00:45:00
Download

Pelo meio ainda fui pescado para fazer uma demonstração dos meus dotes como malabarista do fogo, performance que foi recompensada com dois copos de algo que deve ser o equivalente tailandês do whisky.

Agora temos duas horas de regresso de volta à Kapri que vamos aproveitar para descansar :p

 Ko Phi Phi

 

 

 

 

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)