Tag Archives: açores2012

Dia 5

E hoje chegou a chuva, ou mais exactamente, a Nanine; uma tempestade mail disposta que colocou o grupo central em alvorouço mas que também chegou aqui. Aproveitámos para visitar centros de ciência. Microbios, centros de reduiperação de lagoas e grutas vulcanicas fizeram o dia.

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)

Dia 7

Hoje já pareceu Açores. Fomos para o nordeste da ilha que é a zona mais selvagem e escarpada da ilha. Quedas de água, muita vegetação e belas vistas são o menu local. Também fizemos uma caminhada até à lagoa do Congro, que fica escondida no fundo de uma cratera e quem tem um ar complamente tropical tal é a quantidade de humidade no ar e vegetação. Bem porreiro, pá.

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)

Dia 4

Hoje estivemos automobilizados e apesar dos contratempos iniciais com a empresa de aluguer de carros, o dia correu bem. Vimos a parte Oeste da ilha de S.Miguel que inclui a famosa lagoa das sete cidades que juntamente com a vila do mesmo nome ficam no fundo de uma imponente caldeira vulcanica. Mas fantástico mesmo é aponta da ferraria (se não me falha o nome), uma “plataforma” junto ao mar feita de lava e de onde sai uma fonte de água a ferver que se precipita de algumas dezenas de metros do mar onde ainda cai quente… e além disso ainda há uma bela zona de banhos:-)

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)

Dia 3

Hoje voltou a ser dia de água, mais exactamente dia de água pela cabeça abaixo. Tirámos o dia para. Ir conhecer Ponta Delgada e choveu o tempo todo. PD é uma terrinha simpática mas sem nada de muito especial para salientar. Foi um dia bem passado a fazer people-watching e a conhecer igrejas e jardins 🙂

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)

Dia 2

Ontem foi dia de água quente, hoje foi dia de água morna, que é como quem diz; mar que segundo consta já está a arrefecer e portanto está a uns meros 22 graus. Começámos o dia com uma saída de observação de cetáceos que nos rendeu alguns cachalotes e um grupo de grampos ou como são conhecidos por aqui, golfinhos michael jackson, pois nascem pretos e vão ficando brancos. A saída, feita a partir de Vila Franca do Campo foi num rápido semi-rigido o que permitiu aliar baleias com viagem de montanha russa À tarde tivemos banhinhos de mar até ficar fartos, porque esperar pelo frio para saír do mar, aqui não funciona. A título de curiosidade refira-se que, por estas bandas, as pulgas do mar são pretas, mantendo-se assim coerentes com a sua vocação de serem da cor da areia.

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)

Dia 1

Hoje o dia começou às 4 da manhã, hora a que nos levantámos para apanhar o avião. O dia nos Açores esteve bastante agradável e os nossos anfitriões estavam de folga o que garantiu um dia de visitas sem ter pensar muito 🙂 Fomos ver as furnas e as suas fumaloras efervescentes e acáboms o dia dentro de uma fumalora versão piscina. E agora toca a dormir que amanhã é dia de ir caçar cachalotes logo pela manhanzinha.

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)