Agosto 2016, dia 4: dos Pirineus ao Twilight zone

Mais um dia, mais perto do destino e mais memórias, que na minha cabeça durariam um mês se eu não as escrevesse.

Saímos de Espanha através de Puigcerda, passámos o enclave espanhol de Lívia e no fim dos Pirenéus, deparamo-nos com a inesperada  vilefranche de conflete . Interessante as coisas que se escondem nas montanhas.

Deixámos as montanhas e chegámos ao mediterrâneo francês, que para ser o Algarve só lhe falta os ingleses. Mergulho no mar, quente, e toca a procurar campismo.

Aterrámos no lê cap du roc, um campismo onde todos se conhecem e onde fomos submetidos a um inquérito exaustivo por parte dos pequenos meliantes locais. Quando souberam que estamos portugueses é que foram elas. Estes malvados que ganharam o euro ! 🙂

No fim da noite, o campismo transformou-se no campismo louco tirado de um filme do Tarantino ou do Rodriguez. Se calhar estou a exagerar, mas uma disco night num campismo com TODA a gente aos saltos só pode ser coisa do demo. A meio da coisa, o dj diz … cenas, coloca uma música igual às outras e começa tudo no Madison. E nós, claro, toda a brilhar! Pelo sim, pelo não, não larguei os alhos, mas acabou por não ser necessário porque a festa não esteve aberta até de madrugada.

 

 

 

 

 

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
Para Partilhar, É Só Clicar...

Leave a Reply